L'Eau du Soir,
eterno feminino
Certos odores permeiam a nossa memória para sempre. O cheiro das flores brancas nos jardins do Alcázar ao cair da noite encheu as memórias de Isabelle d'Ornano.

Reminiscência da infância da qual Hubert d'Ornano tirou mais tarde uma fragrância única. Uma declaração de amor, um precioso elixir que só Isabelle teve o segredo por muito tempo, antes de revelá-lo ao mundo em 1990. L'Eau du Soir se estabeleceu desde então como uma referência atemporal. A do último grande Chipre em perfumaria.
Você pode esquecer o nome, as características, a história de uma mulher, mas se você se lembra do seu perfume é porque esta mulher desconhecida, amada ou perdida estava usando Eau du Soir.
- Hubert d'Ornano
Um chipre
floral suntuoso
Eau du Soir 30 ml

Coleção Eau du Soir

Um eau de parfum refinado e contrastante

Fragrância feminina floral com especiarias e chipre.

Dimensão: 30 ml

Novo preço R$ 895,00

O frasco emblemático
Para destacar este perfume de grande riqueza olfativa, Isabelle e Hubert d'Ornano chamaram o escultor polonês Bronislaw Krzysztof, que desenhou a tampa emblemática do frasco Eau du Soir: uma estrela com rosto de mulher, misteriosa e radiante, realizada e serena...
Um ramo de flores encantador
Um buquê floral com um brilho verde, embelezado com uma elegante assinatura chipre. Encantador, essa fragrância apresenta o lilás, a flor branca que perfuma os jardins do Alcázar. Sob o voo ensolarado em que a mandarina vive em harmonia com a toranja, os absolutos de rosa e de jasmim dialogam com ousadia. Um coração floral intenso, onde brilha o ylang-ylang, banhado de íris. No fundo, âmbar e patchouli selam o abraço com refinada sensualidade.
Backstage

Fragrâncias