L’Eau d’Ikar,
ou o sopro dos maquis
L'Eau d'Ikar é o encontro da elegância e do encanto selvagem do garrigue. Na origem desta fragrância entre o céu e o mar, um "Eau de Lentisque" que Philippe d'Ornano encontrou no guarda-roupa de seu pai. Uma fragrância que ele tanto usou e que ele quis sublimar. Como um tributo à sua Córsega natal.

L'Eau d'Ikar também é uma metáfora.

Uma referência à mitologia grega. O desejo de se inspirar na figura de Ícaro, de se aproximar da luz até que suas asas peguem fogo. Uma dualidade entre o frio dos céus e o calor das estrelas, que se reflete no deslumbrante voo montado sobre um leito de couro e madeira.
Finalmente, o Eau d'Ikar é lentisco, a resina do maquis com as suas nuances verdes e picantes, domada pela suavidade de um rastro envolvente.
Uma escapada verde
amadeirada e chipre
Eau d'Ikar 50 ml

Coleção Eau d'Ikar

Uma composição fresca, cítrica e amadeirada rica em belas essências naturais

Fragrância masculina - Citrico, fresco e amadeirado

Dimensão: 50 ml

Novo preço R$ 750,00

Um frasco de obra de arte...
A fragrância é guarnecida em um frasco com as influências artísticas de que Isabelle d'Ornano tanto aprecia. Um envólucro cristalino, límpido, esculpido no oco de uma asa abstrata, pura e transparente e um busto de um homem trabalhado na espessura do vidro – obra de Bronislaw Krzysztof.
Uma escapada verde, amadeirada e chipre
Uma viagem à Córsega, com as cores do lentisco, cujo verde deslumbrante permeia cada momento. Um caminho cheio do frescor das frutas cítricas e da luz do jasmim. O acorde chipre e amadeirado mergulha-nos no calor abrasador dos maquis. Cistus, a resina icônica do Mediterrâneo, tinge o conjunto com brilhos de âmbar e couro. A íris suaviza os contornos. Um rastro chique, inesperado e picante.

Fragrâncias